quinta-feira, 5 de junho de 2014

Primeiros dias em Quebec

Eu deveria ter escrito esse post antes, porque agora já estou me esquecendo de tudo o que fiz semana passada.

No mesmo dia que cheguei fui fazer me cartão da Assurance Maladie. Precisei levar o papel de residente permanente, o passaporte e comprovante de residencia. Como ainda não tenho comprovante de residência, levei a pessoa com quem estou residindo que lá mesmo assinou uma declaração atestando meu endereço. Lá funciona tudo muito rápido, voce fornece as informações, assina uns papéis, tira uma foto e pronto, é só aguardar o documento em casa.

A intenção era fazer o cartão do NAS no mesmo dia, mas quando chegamos ao escritório já tinha fechado, então ficou para o dia seguinte.

Aproveite para colocar crédito no meu cartão Opus que estava guardado há quase 3 anos esperando para ser utilizado novamente! Como cheguei no final do mês, coloquei créditos para uma semana.

No dia seguinte, segui para o local onde faz o NAS, tudo tranquilo também, chega em casa em cerca de 4 semanas.

Comprei um chip para o meu celular, estou com a Virgin, um plano de CA$40 mensal com internet, sms ilimitado, inclusive internacional e ligações ilimitadas para o Canadá. Como meu plano não tem fidelização, precisaram consultar meu crédito, e como meu NAS nem estava ativo ainda, meu pére d'accueil me fez o grandicíssimo favor de cadastrar no nome dele e mês que vem, quando vencer a fatura, passo para meu nome.

Me inscrevi pra francisação, mas tinha que mandar cópia do meu certificado de residente permanente, então foi pelo correio no dia seguinte. Hoje recebi uma mensagem marcando meu teste de nível pra 27/06 (longinho...)

Procurei o Groupe Intégration Travail onde marquei um rendez-vous para me ajudarem a fazer meu currículum. Fui até lá, fiquei quase 2 horas discutindo o que já fiz e o que quero fazer e em alguns dias vou poder voltar lá pra pegar meu currículum.

Fiz carteirinha da Biblioteca, passeei na Isle d'Orleans com a família, abri conta no banco Scotia (marquei rendez-vous no Desjardins pra ativar a conta que havia aberto ainda no Brasil, mas desmarquei depois, acho que vou ficar com o Scotia mesmo)

Tive um rendez-vous com uma pessoa do RIRE2000 para falar sobre a equivalência e o reconhecimento do meu diploma e aí começaram as surpresas ruins... O custo pra fazer isso é bem alto e pode levar mais de 2 anos até que o processo acabe. Eu já sabia mais ou menos disso, sabia que não ia ser fácil, mas quando vi que a quantidade de créditos que vou ter que fazer na faculdade vai ser maior do que se eu fizesse um mestrado, aí desanimei de verdade...! Ah, sem contar que esse curso só pode ser feito na Universidade de Montreal e eu estou em Québec e nem pensava em arredar o pé daqui. Aí começaram as grandes reflexões, mas isso é assunto pra um outro post.

3 comentários:

  1. Os primeiros dias são muito corridos e emocionantes! Fico feliz em ver que está tudo dando certo e está aproveitando!
    Está nos nossos planos visitar Quebec, te aviso quando estivermos por aí. Se vier para Montreal nos avise!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Que felicidade ler seu post! São muitas coisas para fazer nas primeiras semanas, e o mais importante é que o acolhimento é um incentivo enorme nesse momento! Muito sucesso e alegria sempre para você!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Oi! Gostaríamos de saber mais. Conte a sua experiência. Se der entre em contato com a gente! Estamos indo em 2016 para Vancouver ou Toronto. Queremos ouvir mais pessoas que estão aí...

    blog Olá Canadá!
    Abraços,
    Dan e Jo

    ResponderExcluir